Por onde começar a explicitar arquiteturas de sistemas?

A tentativa de explicitar arquiteturas, frequentemente, leva a representações com “caixas e setas”, onde, geralmente, profissionais menos experientes dão mais relevância às “caixas”, enquanto aqueles com mais “cicatrizes” se mantêm atentos às setas.

A maior parte dos problemas que ajudamos a superar com sistemas em produção é consequência de implementação descuidada de integrações (as setas). Os mais experientes sabem, mesmo que instintivamente, disso. Quem está começando, por outro lado, costuma sofrer de um otimismo difícil de justificar na hora de implementar esses mecanismos.

É fato que, hoje em dia, mesmo sistemas mais simples são compostos por frontends inteligentes, APIs e backends carregados de lógica de negócio nem sempre estável. Ao mesmo tempo, “nenhum sistema é uma ilha” permanecendo em produção, útil, sem abastecer ou ser abastecido de dados externos.

Em configurações baseadas em (micros)serviços, a quantidade de integrações pode crescer de maneira exponencial. Com sorte, se estabelece uma estrutura hierárquica de camadas.

Não raro, entretanto, o que encontramos são sistemas que até começam simples, mas, com o tempo, materializam arquiteturas onde “todos conversam com todos”.

Integrações são a fonte principal de problemas no ambiente produtivo e cada ponto de integração representa uma ameaça para a estabilidade. O gargalo pode se manifestar em qualquer chamada HTTP, RPC, etc. Toda chamada ao banco de dados pode demorar tempo em demasia para responder. Instabilidades em um componente acabam refletindo instabilidades ainda maiores em outros componentes, de uma hora para outra, sistemas complexos “caem” por um “erro bobo”.

Boas arquiteturas são ótimas, primariamente, em pontos de integração. Se há um “calcanhar de Aquiles” para a performance e para a escalabilidade de sistemas, sem dúvidas são as integrações. 

Em nossa experiência, explicitar as integrações é a primeira e mais importante atividade do arquiteto. Se for escolher por onde começar, comece por isso. Se só puder fazer uma coisa bem feita, que seja isso!

Compartilhe este insight:

Comentários

Participe deixando seu comentário sobre este artigo a seguir:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

AUTOR

Elemar Júnior
Fundador e CEO da EximiaCo atua como tech trusted advisor ajudando empresas a gerar mais resultados através da tecnologia.

SOLUÇÕES EXIMIACO

Arquitetura de Software

ESTRATÉGIA & EXECUÇÃO EM TI

Simplificamos, potencializamos 
aceleramos resultados usando a tecnologia do jeito certo.

INSIGHTS EXIMIACO

Confira outros insights de nossos consultores relacionados a esta solução de negócio:

18/05/2021
Raphael Castilho
Desenvolvedor Especialista em aplicações corporativas .NET
18/05
2021

COMO PODEMOS LHE AJUDAR?

Vamos marcar uma conversa para que possamos entender melhor sua situação e juntos avaliar de que forma a tecnologia pode trazer mais resultados para o seu negócio.

COMO PODEMOS LHE AJUDAR?

Vamos marcar uma conversa para que possamos entender melhor sua situação e juntos avaliar de que forma a tecnologia pode trazer mais resultados para o seu negócio.

+55 51 3049-7890 |  contato@eximia.co

0
Queremos saber a sua opinião, deixe seu comentáriox
()
x

Tenho interesse em conversar

Se você está querendo gerar resultados através da tecnologia, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

O seu insight foi excluído com sucesso!

O seu insight foi excluído e não está mais disponível.

O seu insight foi salvo com sucesso!

Ele está na fila de espera, aguardando ser revisado para ter sua publicação programada.