Criamos ou consumimos tecnologia?

Elemar Júnior

A complexidade e o tamanho das aplicações que desenvolvemos tem crescido consideravelmente nas últimas décadas. Como não há evidências de que estamos ficando mais inteligentes (como desenvolvedores), nem que estamos ficando mais rápidos, então podemos atribuir nossa capacidade de atender as expectativas do mercado a utilização de novas e mais sofisticadas tecnologias.

As novas tecnologias tem permitido aos desenvolvedores resolver mais facilmente os “problemas de ontem” ou ter capacidade de resolver os “problemas de hoje”. Por exemplo, no passado escrevíamos código e esperávamos até a noite para compilar uma aplicação e descobrir erros de sintaxe. Hoje, as IDEs utiliza, inteligência artificial para, além de identificar erros de sintaxe, tentar “descobrir” o que estávamos querendo escrever.

O advento da nuvem e das opções SaaS permitiram um novo salto de entrega. Hoje, podemos contratar barato serviços cognitivos que tornam nossas aplicações mais inteligentes. Podemos provisionar e contar com recursos computacionais que, há algum tempo, teriam custo proibitivo.

Hoje, como desenvolvedores, podemos pertencer a dois grupos distintos: consumidores e criadores de tecnologia. Não há demérito algum em pertencer a um grupo ou a outro.

Consumidores de tecnologia percebem menos a necessidade de entender conceitos como estruturas de dados e algoritmos. Geralmente, limitam análises a complexidade computacional e não a complexidade assintótica. Consumidores focam mais em “Systems Design” do que em “Computer Science”

Criadores são fixados em estruturas de dados e algoritmos. Analisam primeiro complexidade assintótica para, então, considerar complexidade computacional. Pensam mais em generalizações do que em especificidades. Criadores costumam ser especialistas.

Criadores têm necessidade de entender “como” as tecnologias funcionam. Consumidores precisam entender o “porquê” usar cada tecnologia. Ambos precisam saber, em certo nível, o “quando” usar um ou outro recurso.

Mesmo empresas reconhecidas por trabalharem com tecnologia de ponta são, frequentemente, muito mais consumidoras do que criadoras. Aliás, mesmo em empresas onde tecnologias são criadas, boa parte do esforço de desenvolvimento é relacionado com consumo.

Dentre os grupos, há distinções claras. Entretanto, há quem se posicione em uma área cinza. De qualquer forma, as bases são as mesmas.

Há mais vagas no mercado para consumidores do que para criadores. Criadores geralmente ganham mais. O grupo em que você irá se encaixar começa por uma decisão sua.

Em tempo, os questionamentos realizados em “Somos amadores remunerados?” são válidos tanto para criadores quanto para consumidores, pois permitem uma análise mais qualificada sobre “porquê” e “quando” considerar cada tecnologia. Mas, sem dúvidas, são mais relevantes para criadores.

Este post é uma “racionalização” de uma boa conversa com meu bom amigo Eder Ignatowicz

Compartilhe este insight:

Comentários

Participe deixando seu comentário sobre este artigo a seguir:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

AUTOR

Elemar Júnior
Fundador e CEO da EximiaCo atua como tech trusted advisor ajudando empresas e profissionais a gerar mais resultados através da tecnologia.

NOVOS HORIZONTES PARA O SEU NEGÓCIO

Nosso time está preparado para superar junto com você grandes desafios tecnológicos.

Entre em contato e vamos juntos utilizar a tecnologia do jeito certo para gerar mais resultados.

Insights EximiaCo

Confira os conteúdos de negócios e tecnologia desenvolvidos pelos nossos consultores:

Arquitetura de Dados

Insights de um DBA na análise de um plano de execução

Especialista em performance de Bancos de Dados de larga escala
Arquitetura de Software

Estratégias para modernização do legado

Desenvolvedor .NET/NodeJs e especialista em Kafka com experiência em startups e grandes empresas
Infraestrutura e Nuvem

Migração para a nuvem, mais do que mudança tecnológica, implica em mudança da cultura organizacional

Engenheiro de nuvem, arquiteto de software e especialista em Containers e Devops

Acesse nossos canais

Simplificamos, potencializamos e aceleramos resultados usando a tecnologia do jeito certo

EximiaCo 2022 – Todos os direitos reservados

0
Queremos saber a sua opinião, deixe seu comentáriox
()
x

Criamos ou consumimos tecnologia?

Para se candidatar nesta turma aberta, preencha o formulário a seguir:

Condição especial de pré-venda: R$ 14.000,00 - contratando a mentoria até até 31/01/2023 e R$ 15.000,00 - contratando a mentoria a partir de 01/02/2023, em até 12x com taxas.

Tenho interesse nessa capacitação

Para solicitar mais informações sobre essa capacitação para a sua empresa, preencha o formulário a seguir:

Tenho interesse em conversar

Se você está querendo gerar resultados através da tecnologia, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

O seu insight foi excluído com sucesso!

O seu insight foi excluído e não está mais disponível.

O seu insight foi salvo com sucesso!

Ele está na fila de espera, aguardando ser revisado para ter sua publicação programada.

Tenho interesse em conversar

Se você está querendo gerar resultados através da tecnologia, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

Tenho interesse nessa solução

Se você está procurando este tipo de solução para o seu negócio, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

Tenho interesse neste serviço

Se você está procurando este tipo de solução para o seu negócio, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

× Precisa de ajuda?