Estratégias genéricas para migração de cargas de trabalho para a nuvem

Douglas Picolotto

É de conhecimento geral que, para as organizações manterem-se competitivas em um mercado acelerado como o atual, a nuvem é essencial. Benefícios como agilidade, elasticidade e a possibilidade de efetuar experimentações, sem comprometer recursos a longo prazo, fazem da nuvem o ambiente ideal para a evolução dos produtos e serviços oferecidos pelas empresas.

Contudo, um dos grandes desafios quando uma empresa decide adotar a nuvem, é como idealizar a migração de suas cargas de trabalho existentes on-premises. Sendo uma tarefa complexa e que deve ser bem planejada, a seleção da melhor estratégia depende muito do cenário.

Existem três estratégias genéricas de migração de aplicações para a nuvem:

  1. Rehosting
  2. Replatforming
  3. Rearchitecting

Escolher e explicitar, desde cedo, qual é a estratégia genérica que será adotada melhora o alinhamento de propósitos, dando autonomia de atuação.

Rehosting

Rehosting (ou lift-and-shift) é certamente a estratégia mais conhecida, e provavelmente aplicada, no mercado. Consiste em levar as aplicações para a nuvem AS-IS, ou seja, sem qualquer modificação arquitetural.

Esta é a abordagem que menos aproveita os recursos de nuvem, resultando em menor eficiência e, geralmente, um custo mais alto, principalmente no longo prazo. Entretanto, é a estratégia mais simples e rápida de ser aplicada. Por esta razão é uma opção interessante em cenários onde a migração precisa ser feita de forma emergencial, ou quando o time não possui conhecimentos necessários das técnicas e tecnologias.

Replatforming

Quando o cenário permite, podemos aplicar uma estratégia de Replatforming, fazendo pequenas alterações nas aplicações, sem mexer em seu core,  mas que possibilitam a adoção de alguns serviços da nuvem durante a migração, seja com o intuito de reduzir custos, aumentar a segurança, ganhar performance ou confiabilidade.

Como exemplo, podemos citar a modificação da estratégia de armazenamento de arquivos, substituindo o armazenamento em disco, por tecnologias de storage oferecidas pelos provedores, como o Amazon S3 ou o Azure Storage. Uma das maiores desvantagens desta estratégia ocorre quando o escopo destas atualizações não é planejado adequadamente, estendendo o prazo mais do que o desejado e, consequentemente, impactando diretamente no custo da migração.

Rearchitecting

Adotando uma estratégia de Rearchitecting, teremos o cenário mais extremo de migração, caracterizada por uma reformulação completa da aplicação. Na prática, a remodelagem da arquitetura permite uma estratégia Cloud-Native, onde são adotados serviços gerenciados, serviços sem servidor e outros recursos do provedor de nuvem.

Apesar de ser a mais custosa, esta forma de migração também proporciona o melhor aproveitamento dos benefícios, contudo, tende a ser estratégica para a empresa, sendo normalmente aplicada em situações onde a aplicação necessita de uma revisão arquitetural, devido ao alto esforço de desenvolvimento e tempo comprometido, se comparado às demais estratégias.

Qual é a opção certa?

Como sempre, não há “bala de prata”. Muitas vezes, a estratégia de Rehosting dá mais tempo para viabilizar abordagens mais agudas. Outras vezes, executá-la é apenas um “pedágio” desnecessário para obtenção de vantagens maiores.

Durante o planejamento, devem ser considerados aspectos da aplicação, custos, riscos, a motivação da migração e as demais estratégias da empresa. Para quem está começando sua jornada para a nuvem, via de regra, é importante selecionar uma carga de trabalho pequena, mas que traga benefícios visíveis em um curto período de tempo, para que a percepção deste benefícios viabilizem a migração das demais cargas de trabalho da organização.

Em resumo

O fato
É de conhecimento geral que, para as organizações manterem-se competitivas em um mercado acelerado como o atual, a nuvem é essencial. Contudo, um dos grandes desafios quando uma empresa decide adotar a nuvem, é como idealizar a migração de suas cargas de trabalho existentes on-premises.
O insight
Há, basicamente, três estratégias genéricas para migrar uma aplicação para a nuvem: Rehosting, Replatforming, Rearchitecting. Cada uma delas, com prós e contras. Esclarecer, desde o início, qual é a estratégia a ser seguida, melhora o alinhamento e dá autonomia para atuação.

Compartilhe este insight:

Comentários

Participe deixando seu comentário sobre este artigo a seguir:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

AUTOR

Douglas Picolotto
Com mais de 15 anos de experiência, atua como engenheiro de nuvem e arquiteto de software, sendo especialista em Containers e DevOps. Auxilia empresas na adoção de nuvem, entregando software com maior qualidade e confiabilidade.

NOVOS HORIZONTES PARA O SEU NEGÓCIO

Nosso time está preparado para superar junto com você grandes desafios tecnológicos.

Entre em contato e vamos juntos utilizar a tecnologia do jeito certo para gerar mais resultados.

Insights EximiaCo

Confira os conteúdos de negócios e tecnologia desenvolvidos pelos nossos consultores:

Arquitetura de Dados

Insights de um DBA na análise de um plano de execução

Especialista em performance de Bancos de Dados de larga escala
Arquitetura de Software

Estratégias para modernização do legado

Desenvolvedor .NET/NodeJs e especialista em Kafka com experiência em startups e grandes empresas
Infraestrutura e Nuvem

Migração para a nuvem, mais do que mudança tecnológica, implica em mudança da cultura organizacional

Engenheiro de nuvem, arquiteto de software e especialista em Containers e Devops

Acesse nossos canais

Simplificamos, potencializamos e aceleramos resultados usando a tecnologia do jeito certo

EximiaCo 2022 – Todos os direitos reservados

0
Queremos saber a sua opinião, deixe seu comentáriox
()
x

Estratégias genéricas para migração de cargas de trabalho para a nuvem

Para se candidatar nesta turma aberta, preencha o formulário a seguir:

Condição especial de pré-venda: R$ 14.000,00 - contratando a mentoria até até 31/01/2023 e R$ 15.000,00 - contratando a mentoria a partir de 01/02/2023, em até 12x com taxas.

Tenho interesse nessa capacitação

Para solicitar mais informações sobre essa capacitação para a sua empresa, preencha o formulário a seguir:

Tenho interesse em conversar

Se você está querendo gerar resultados através da tecnologia, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

O seu insight foi excluído com sucesso!

O seu insight foi excluído e não está mais disponível.

O seu insight foi salvo com sucesso!

Ele está na fila de espera, aguardando ser revisado para ter sua publicação programada.

Tenho interesse em conversar

Se você está querendo gerar resultados através da tecnologia, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

Tenho interesse nessa solução

Se você está procurando este tipo de solução para o seu negócio, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

Tenho interesse neste serviço

Se você está procurando este tipo de solução para o seu negócio, preencha este formulário que um de nossos consultores entrará em contato com você:

× Precisa de ajuda?